• Logomarca Governo do Estado do RN
  • Governo do Estado do RN
  • fev 3 2017 3:14PM

Obras do governo

Obras em andamento

SIN/ASSECOM17 nov 2015 09:38

Informações                                

A Secretaria de Infraestrutura do Rio Grande do Norte – SIN - é uma Secretaria meio, que pode projetar, licitar, executar, fiscalizar e receber, direta e indiretamente, obras e serviços de engenharia de interesse da Administração Pública Estadual, atendendo a demanda dos órgãos de acordo com as necessidades individuais de cada secretaria, seja da Educação, Segurança, Saúde ou Estradas. Portanto, as prioridades da SIN para este ano de 2015 são as conclusões de obras já em andamento na secretaria.

Obras iniciadas nesta Gestão

  • Início das obras de construção da Cadeia Pública de Ceará-Mirim (Junho/2015)

O que é: A unidade prisional terá capacidade para 603 internos, divididos em três pavilhões, com 24 celas cada. A cadeia terá uma área construída de 5.753,10 m², e contará com alguns módulos especiais para: ensino, saúde, visitas íntimas, tratamento de dependência química e carceragem adaptada para pessoas com deficiência física. O Projeto da unidade foi doado pelo Estado do Pará e está de acordo com todas as especificações do Ministério da Justiça. A cadeia é uma parceria entre o Ministério da Justiça e o Governo do Estado por meio da Secretaria de Estado da Justiça e da Cidadania – Sejuc e a Fiscalização da Secretaria de Estado da Infraestrutura - SIN.

Valor do investimento: R$17.840.541.67 do convênio do Governo Federal e com contrapartida do Governo do Estado no valor de R$ 3.143.738,00

Prazo: 12 meses de execução

  • Início das obras de ampliação do Centro de Convenções de Natal (Junho/2015)

O que é: Mudanças como a demolição do complexo de salas existentes ao lado do auditório Lavoisier Maia, cedendo espaço para a construção de um novo pavilhão, é uma das principais transformações. Atualmente, o Centro de Convenções possuiu 14.255,39 m² de área construída, após a ampliação passará a ter 22.403,69 m² de área edificada. Para o pavilhão multiuso, o projeto prevê subdividi-lo em duas ou até três salas, independentes, através da utilização de divisórias móveis e acústicas. Com esse sistema, o pavilhão terá uma formatação mais flexível para arquitetar e produzir novos ambientes, atendendo dessa forma os diversos eventos. Com a obra de ampliação o Centro de Convenções irá aumentar a sua capacidade de 7 mil para 11 mil pessoas, que serão atendidas simultaneamente ou divididas em até três espaços.

Valor do investimento: R$ 30 milhões de reais, recurso assegurado pelo Programa de Aceleração do Crescimento - PAC Turismo, sem contrapartida do Governo do Estado.

Prazo: 18 meses de execução

  • Reforma e recuperação das 15 unidades prisionais do Rio Grande do Norte

O que é:

  • Recuperação da cobertura;
  • Substituição das grades;
  • Recuperação dos revestimentos de paredes;
  • Pintura em textura e da grade em esmalte sintético;
  • Recuperação das instalações de água e esgoto;
  • Instalações elétricas novas em todo o pavilhão;
  • Reforma de celas e 114 camas;
  • Em Alcaçuz, Substituição dos pisos (celas, hall e pátio) com a execução de 10 cm de concreto armado com tela de 15x15 e posteriormente aplicação de Granilite, um piso mais resistente e duradouro.

Municípios: Natal, Grande Natal, Nísia Floresta, Parnamirim, Mossoró, Caicó, São Paulo do Potengi, Macaíba, São Paulo do Potengi Caraúbas e Nova Cruz.

Unidades prisionais: inicialmente serão 16 unidades reparadas: Penitenciária Estadual de Alcaçuz - Dr. Francisco Nogueira Fernandes e Penitenciária Estadual Rogério Coutinho Madruga; Cadeia Pública de Natal Raimundo Nonato e Penitenciária Estadual de Parnamirim Des. João Marinho da Silva; Complexo Penal Dr. João Chaves, Centro de Detenção Provisória de Potengi, Centro de Detenção Provisória da Ribeira e Centro de Detenção Provisória da Zona Norte; Cadeia Pública de Mossoró-Des. Manoel Onofre de Souza, Complexo Penal Estadual Agrícola Dr. Mário Negócio e Cadeia Pública de Caraúbas; Cadeia Pública de Nova Cruz - Penitenciária Estadual do Seridó; Centro de Detenção Provisória de Ceará-Mirim, Centro de Detenção Provisória de Macaíba e Centro de Detenção Provisória Masculino de São Paulo do Potengi.

Valor do investimento: Previsão de 7 milhões/ Recursos do Governo do Estado/ Obras em andamento.

Prazo: 180 dias de execução,finalizado em setembro/2015.

Situação: A Secretaria de Infraestrutura já entregou os pavilhões 4 e 2 da Penitenciária Estadual de Alcaçuz. Atualmente está trabalhando na recuperação dos Pavilhões 1 e 5.

Obras em andamento

  • PRÓ-TRANSPORTE, EM NATAL

O que é: A obra consiste na criação de dois grandes eixos em pista dupla. O primeiro, denominado Eixo Fronteiras, parte do Gancho de Igapó, na Av. Tomaz Landim, percorrendo a Avenida das Fronteiras, a Av. Rio Doce e a Av. Tocantínea, até o entroncamento com a Av. Moema Tinoco. O segundo grande eixo, chamado de Eixo Moema Tinoco/Conselheiro Tristão, é a continuação do primeiro, ao longo da Av. Moema Tinoco e a Av. Conselheiro Tristão até o encontro com a Av. João Medeiros Filho (estrada da Redinha), onde será construído o Viaduto da Redinha, que dá acesso à Ponte Newton Navarro. Além da duplicação dos corredores viários, o ponto alto das obras está relacionado à mobilidade de pedestres e à valorização do transporte público, necessária para o pleno funcionamento do tráfego na região. A implantação de corredores exclusivos de ônibus será um dos diferenciais da obra que tem o objetivo dar fluidez ao transporte coletivo, além de contar com 108 novos abrigos de ônibus; Outro benefício aguardado pela população, e que será implantado no Pró-transporte, é a criação de 11 quilômetros de ciclovia, dando segurança a esse meio de locomoção. A padronização de passeios públicos é outro importante da obra que vai dar segurança e comodidade ao simples ato de ir-e-vir, que muitas vezes é dificultado devido às irregularidades encontradas nas calçadas.

Situação atual: Esperando o recurso do Proinveste para impulsionar o andamento das obras

Prazo para conclusão: 2016

Serviços executados em 2105 – Serviços de drenagens na Moema Tinoco; Serviços de recapeamento asfáltico na Avenida das Fronteiras e entroncamento da Moema Tinoco com a BR-101.

Valor global da obra: R$ 88.221.480,67

Recursos: Orçamento Geral da União, FGTS e contrapartida do Governo do Estado.

  • COMPLEXO VIÁRIO DA ABOLIÇÃO, em Mossoró

O que é: O projeto do Complexo Viário da Abolição totaliza a construção de cinco viadutos, e a duplicação e reestruturação de 17 km do contorno da cidade de Mossoró, na BR-304/RN. A obra, que faz parte do Programa de Aceleramento do Crescimento (PAC), tem importância fundamental para dar maior fluidez ao trânsito de veículos e facilitar o acesso à segunda cidade mais importante do RN, que está entre os municípios brasileiros que mais cresce. Com relação à duplicação e reestruturação da via, quase todos os 17 km já estão liberados, restando apenas alguns trechos receberem a segunda camada de pavimentação asfáltica, bem como a implantação das alças dos viadutos.

Serviços executados em 2015: Conclusão das pendências apontadas no relatório de não conformidade apresentado pelo DNIT; Recapeamento asfáltico das vias marginais e conclusão/ entrega de 4 viadutos, restando apenas 1 para ser entregue; Execução da segunda revisão do projeto executivo da obra.

Valor global da obra: R$ 72.344.566,98

Recursos: Convênio entre Governo Federal e Governo do Estado, através do PAC

Prazo para conclusão: Obra prevista para 2016

  • REFORMA E AMPLIAÇÃO DO HOSPITAL DR. PEDRO GERMANO (HOSPITAL DA POLÍCIA), EM NATAL

O que é: O hospital passa uma reforma e ampliação, depois de concluída a área do hospital passará de 2.075m² para 6.302m², e contará com sete salas de cirurgia. Já foram concluídos e estão em funcionamento os setores de Clínicas Médicas, Farmácia, Núcleo de Residência em Saúde e Administrativo. Os setores que ainda estão em obra são: Centro Cirúrgico, UTI Adulto e Neonatal, Maternidade, Setor de Imagem, Laboratórios de Análises Clínicas, entre outros. Esta obra está em andamento desde 2009. Para conclusão da obra é necessário que se faça uma licitação para a compra do sistema de gases e ar-condicionado.

Serviços executados em 2015 – Licitação; Contratação e execução do projeto de gases; elaboração de projeto e planilha para licitação do ar condicionado central.

Valor global da obra: R$ 6.061.023,50

Recursos: Governo do Estado

Situação atual: Está em fase de acabamento com 87% das obras concluídas, faltando apenas parte de climatização e gases que está em fase de preparação do processo de licitação.

  • CONSTRUÇÃO DE CENTROS ESTADUAIS DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA NO RN

O que é: Atualmente sete Centros de Educação Estadual estão em fase de construção no Rio Grande do Norte. Os Centros são uma parceria com MEC, através do programa Federal, Brasil Profissionalizado. As obras são da Secretaria Estadual de Educação e Cultura (SEEC), e tem a fiscalização através da Secretaria Estadual da Infraestrutura (SIN). As estruturas serão voltadas ao ensino de jovens e adultos, e vão oferecer cursos de Ensino Médio Integrado (Nível Médio Regular associado com Ensino Técnico Profissional) e modalidades subsequentes (cursos profissionalizantes), os quais serão definidos pela Secretaria Estadual de Educação e Cultura, levando em consideração às oportunidades profissionais e necessidades de cada região.

O projeto é o mesmo para todas as construções, e cada um, quando concluído, contará com 12 salas de aula, auditório com capacidade para 200 pessoas, seis laboratórios, ginásio poliesportivo com arquibancadas para 500 pessoas e vestiários, biblioteca, sala para os professores, sala para a direção, banheiros, cozinha, cantina, refeitório, estacionamento e guarita.

Situação atual: Pitimbú R$ 6.438.444,96; Parnamirim - Valor R$ 6.586.308,47; Mossoró R$ 6.493.323,38; Alto do Rodrigues R$ 6.493.323,38; São Gonçalo do Amarante R$ 6.316.276,90. Esses seis estão com 90% concluídos.

Os Centros de Macaíba e Assu vão precisar passar por novas licitações, o que já está sendo preparadas e ocorrerá ainda este mês de julho.

Serviços executados em 2015: Este ano foi executado 50% das obras.

Recursos: Recursos do Governo do Estado em convênio com o Governo Federal através do Ministério da Educação.

Valor global da obra: R$ 64.438.226,06

Projetos:

Foram concluídos 22 projetos de construção, reformas, adequação, para várias secretarias e órgãos da administração direta e indireta, tais como: Gabinete Civil, Sethas, Sejuc, Detran, Procon e SAPE.

Atualmente, existem 12 projetos em andamento, podendo ser destacados os seguintes:

  • Parque no Juvenal Lamartine: foram elaborados os levantamentos patrimoniais, projetos e relatórios estruturais para possibilitar a elaboração do concurso público para escolha do projeto.
  • Parque Mãe Luiza - foram elaborados o levantamento patrimonial e definição do escritório de arquitetura “Benedito Abud” para elaboração do projeto urbanístico.
  • Parque Vale das Cascatas - foram elaborados o levantamento patrimonial e definição do escritório de arquitetura “Benedito Abud” para elaboração do projeto urbanístico.
  • Sistema Prisional – elaboração de projetos para as CDP´s da Ribeira, Potengi, Zona Norte, Ceara-mirim e Mário Negócio.

ltimas Notcias